Terça, 03 de maio de 2011, 11h22
Tamanho do texto A- A+


Esportes / PALMEIRAS

Após exame, Valdivia diz que ficará 1 mês fora

O meia Valdivia usou seu Twitter para dar uma notícia ruim para os torcedores palmeirenses. Após fazer exames, o chileno avisou que a lesão causada pelo seu “chute no vácuo” foi grave e que ele deve ficar cerca de um mês longe dos gramados.


“Bom dia! Terminou o tratamento médico! A lesão é do jeito que eu imaginei, vou demorar para recuperar. A lesão vem sempre na hora errada”, disse Valdivia.


A reportagem do UOL Esporte entrou em contato com o médico Vinicius Martins, que acompanhou o exame da Valdivia na última segunda. Segundo o especialista, o meia rompeu o músculo posterior da coxa e terá de ficar pelo menos três semanas fora de combate.


O prazo estipulado é apenas para que a lesão cicatrize. Depois disso, Valdivia tem de passar pela fisioterapia e pelo recondicionamento físico para então voltar a atuar. Vinicius Martins preferiu não estipular um prazo para essa segunda fase da lesão, que pode ser de dez dias a até mais de um mês, dependendo da evolução do chileno.


Valdivia, instigado pelos torcedores curiosos, quebrou o mistério do departamento médico e divulgou no Twitter a previsão do departamento. "Para quem perguntou quanto tempo, a previsão do departamento médico é de um mês para voltar a jogar! Infelizmente é isso", concluiu.


O histórico de lesões de Valdivia é um fator preocupante e um dos responsáveis pela lesão. O problema que surgiu no último domingo, quando o camisa 10 tentou um "chute no vácuo" no clássico contra o Corinthians, aconteceu no mesmo local da fibrose que o tirou de parte do Campeonato Brasileiro do ano passado.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados