Segunda, 13 de novembro de 2017, 14h02
Tamanho do texto A- A+


Esportes / 2030

China tem 13 cidades interessadas em receber Copa do Mundo

Os municípios pertencem a uma lista de 20 grandes urbes da China que publicaram planos locais de desenvolvimento do futebol, a maioria delas interessadas em ter jogos internacionais de alto nível para promover o esporte entre seus cidadãos

A candidatura conjunta de Argentina, Paraguai e Uruguai para receber a Copa do Mundo de 2030 pode ter um concorrente de peso: a China.

De acordo com o jornal Global Times, o país mais populoso do planeta já possui 13 cidades interessadas em receber jogos de uma possível Copa, um dos planos do atual governo local, que colocou o futebol como projeto nacional.

Os municípios pertencem a uma lista de 20 grandes urbes da China que publicaram planos locais de desenvolvimento do futebol, a maioria delas interessadas em ter jogos internacionais de alto nível para promover o esporte entre seus cidadãos.

"A China já tem cidades com tradição futebolística, como Pequim e Xangai, mas agora outras regiões como as províncias de Jiangsu e Zhejiang estão se desenvolvendo para conseguir que seus clubes cheguem à primeira divisão graças ao crescimento econômico", afirmou Wang Dazhao, comentarista de futebol.

Nesse plano federal aprovado em 2015, a China pretende receber uma Copa do Mundo e estar na elite mundial do futebol até o meio deste século.

No entanto, uma trava da Fifa impede o país de tentar sediar o Mundial em 2030 - afinal, o Catar (da mesma confederação) terá o evento em 2022, e uma nova candidatura de um país asiático só seria possível após duas edições, ou seja, para 2034.

Há movimentações na entidade máxima do futebol, porém, para que esse embargo caia de oito para quatro anos, o que permitiria à China se candidatar para receber a Copa de 2030, ano do centenário do torneio.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados