Sexta, 06 de maio de 2011, 13h54
Tamanho do texto A- A+


Esportes / ATRASO

Copa das Confederações em SP já era, diz corintiano

Um dia após o diretor de marketing do Corinthians, Luis Paulo Rosenberg, anunciar mais um adiamento do início das obras do Itaquerão e ainda defender que o Morumbi seja o estádio paulista para a Copa das Confederações, o presidente do clube alvinegro, Andres Sanchez, chamou o companheiro de diretoria de "um bom, um grande brincalhão".



"Eu acho que se o Parque Antarctica ficasse pronto antes, podia ser no Parque Antarctica, não sei como está o andamento das obras lá, mas infelizmente, pelo que eu sinto, não fui comunicado oficialmente, mas Copa das Confederações em São Paulo já era", completou o corintiano, durante evento na Assembleia Legislativa de SP.


O torneio ocorre um ano antes do Mundial de 2014 e é considerado teste pela Fifa.


Também presente, o ministro do Esporte, Orlando Silva, engrossou o discurso.


"Se o estádio do Corinthians não ficar pronto, acredito que São Paulo fica fora da Copa das Confederações", disse na saída. "O que eu sustento é que não é razoável que a Fifa beneficie uma cidade que não cumpriu o acordo feito anteriormente. Não faz sentido fazer a Copa das Confederações em um estádio que não vai servir para o Mundial", completou.


Secretário especial de articulação para a Copa do Mundo na prefeitura, Tadeu Ribeiro Alves também comentou o assunto.


"O principal objetivo do munícipio de Sao Paulo é realizar a abertura da Copa de 2014, ter aqui na capital o centro de mídia internacional, ter aqui na capital o congresso da Fifa, esses são os grandes objetivos da Prefeitura de São Paulo. Se conseguirmos realizar a Copa das Confederações, é uma coisa a mais. Claro que temos interesse, mas temos que focar nos objetivos centrais e principais, que ajudarão a cidade"


AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados