Quinta, 05 de maio de 2011, 08h38
Tamanho do texto A- A+


Esportes / LIBERTADORES

Em noite "trágica", brasileiros são eliminados

O sonho de quatro dos seis times brasileiros que entraram na Copa Libertadores neste ano acabou na noite do dia 4 de maio, quarta-feira. Internacional, Grêmio, Cruzeiro e Fluminense foram derrotados e causaram um vexame sem precedentes para o Brasil.


Agora, só resta o Santos. Mas desde que a Libertadores mudou de regulamento e passou a ser disputada por 32 equipes em 2000, o Brasil sempre teve pelo menos dois clubes nas quartas de final da competição. Afinal, o país passou a inscrever no mínimo quatro equipes a partir de então.


Na verdade, a última vez que o Brasil teve apenas um representante nas quartas de final foi na Libertadores de 1994, quando apenas três clubes brasileiros entraram na competição: o então defensor do título São Paulo, o campeão brasileiro Palmeiras e o Cruzeiro, que venceu a Copa do Brasil de 1993.


Naquele ano, o São Paulo foi o único que chegou às quartas de final, e até avançou para a grande decisão, mas foi derrotado pelo Vélez Sarsfield nos pênaltis. De 1995 a 1999, quando o torneio classificava apenas o campeão brasileiro e o da Copa do Brasil, o país seguiu mantendo pelo menos dois times entre os oito melhores.


Em 2011, o Brasil entrou na Libertadores com nada menos do que seis representantes, o maior número entre todos os países participantes. O Corinthians ficou logo na pré-Libertadores, derrotado pelo Deportes Tolima.



Atual campeão, o Internacional foi o próximo a ser eliminado, nas oitavas de final, ao perder por 2 a 1 para o Peñarol em casa. Depois, foi a vez do campeão brasileiro Fluminense, que perdeu por 3 a 0 para o Libertad no Paraguai.


O vice-campeão brasileiro Cruzeiro também perdeu em casa para o Once Caldas, por 2 a 0, e disse adeus ao sonho do tricampeonato. O Grêmio já tinha perdido em casa e, com nova derrota por 1 a 0 para o Universidad Católica, voltou para casa.


Único representante brasileiro, o Santos passou no aperto, depois de um empate sem gols contra o América do México, creditado à noite inspirada do goleiro Rafael. O próximo desafio dos santistas será o colombiano Once Caldas, a partir do dia 10 de maio.
 


AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados