Terça, 09 de janeiro de 2018, 15h07
Tamanho do texto A- A+


Esportes / Sem "oba-oba"

Flamengo deixa vinda de Adriano Imperador em aberto

Eduardo Bandeira de Mello diz que departamento médico do clube está à disposição para conversas e faz questão de pregar respeito por Imperador, mas teme euforia excessiva por parte da torcida

Questionado sobre a possibilidade de contratar Adriano Imperador esse ano, o presidente Eduardo Bandeira de Mello deixou em aberto, mas fez questão de ser cuidadoso com as palavras para que não houvesse nenhum "oba-oba" por parte dos torcedores. O mandatário rubro-negro ainda deixou claro o carinho do Flamengo pelo ídolo rubro-negro.

- Tem que ser tratado com carinho e com respeito, não é para "oba-oba". O Flamengo nunca vai fechar as portas para ele. O procurador dele já sabe que o departamento médico está à disposição para conversar com ele. Estaremos sempre aqui para ajudar a pessoa, o ídolo. Mas nada de oba oba, nada de "o Imperador voltou". Por ser nosso ídolo, tem que ser respeitado. Espero que daqui 10 ou 15 anos, o Adriano seja lembrado como ídolo, independente do que aconteça com ele agora. - disse durante entrevista coletiva da apresentação de Carpegiani.

Adriano não disputa uma partida oficial desde que deixou o Miami United, dos Estados Unidos, em maio de 2016, mas no fim do ano passado chegou a dizer que jogaria sem receber nada, apenas pelo amor que sente pelo Flamengo e prometeu que voltaria a treinar forte esse ano.

No fim do mês passado, participou do tradicional "Jogo das Estrelas", de Zico, e reafirmou o desejo de retornar aos gramados, mas foi evasivo ao ser questionado sobre a possibilidade de voltar a jogar pelo Rubro-Negro.

- Vamos conversar e ver o que vai acontecer. Vamos fazer um trabalho bom, para voltar o mais rápido possível - disse.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados