Segunda, 17 de dezembro de 2018, 15h26
Tamanho do texto A- A+


Esportes / mercado da bola

Flamengo desiste de contratar Pablo e Gabigol entra na mira

O diretor de futebol Carlos Noval vai permanecer no cargo na próxima temporada

Depois de negociar com o Atlético-PR, o Flamengo anunciou a desistência na contratação do atacante Pablo. O clube paranaense não aceitou a segunda proposta feita pelos cariocas, que recusaram aumentar os valores.

O Flamengo fez uma primeira proposta de seis milhões de euros (R$ 26,5 milhões) por Pablo após o atacante se destacar na temporada, sendo um dos destaques na conquista da Copa Sul-Americana pelo Atlético-PR. Após a recusa dos paranaenses, os cariocas aumentaram para sete milhões de euros (R$ 31 milhões), que foi novamente rechaçada.

O Atlético-PR fixou o preço de Pablo em dez milhões de euros (R$ 44 milhões), valor que o Flamengo afirmou que não irá chegar na proposta. Por isso, os cariocas decretaram o fim das negociações.

Além do Flamengo, São Paulo e Palmeiras tentaram a contratação do jogador, de 26 anos. No entanto, as propostas dos clubes paulistas foram inferiores ao dos cariocas e todas negadas pelo Atlético-PR. Com isso, os rubro-negros seguem em busca de jogador para o setor ofensivo.

O nome da vez pode ser o atacante Gabriel, o ‘Gabigol’, que atuou pelo Santos no último Campeonato Brasileiro. O jogador tem seus direitos federativos ligados à Internazionale de Milão, e, segundo o jornal italiano “Tuttosport”, seu representante está na Europa para apresentar a proposta do Rubro-Negro carioca.

Em outra negociação por reforços, o site turco Aksam Spor diz que o Flamengo aumentou a oferta feita ao Galatasaray pelo lateral-direito Mariano para 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 15,4 milhões). Segundo o veículo turco, a nova oferta teria sensibilizado o clube a negociá-lo. Flamengo e Mariano já chegaram a um acordo e dependem da liberação do Galatasaray para selarem o retorno ao Brasil do atleta de 32 anos, formado pelas categorias de base do rival Fluminense.

CARLOS NOVAL

O diretor de futebol Carlos Noval vai permanecer no cargo na próxima temporada. O dirigente aceitou o convite do presidente eleito Rodolfo Landim e vai trabalhar ao lado de Marcos Braz, futuro vice de futebol rubro-negro.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados