Sexta, 28 de dezembro de 2018, 15h16
Tamanho do texto A- A+


Esportes / análise

Kaká vê Copa de 2002 como maior título e lamenta bagunça em 2006

O ex-jogador comentou sobre os pontos altos e baixos de sua carreira e, dos grandes títulos

Kaká, último brasileiro a ser eleito o melhor jogador do mundo, no ano de 2007, foi o entrevistado do programa Grande Circuito do Sportv. O ex-jogador comentou sobre os pontos altos e baixos de sua carreira e, dos grandes títulos.

Mesmo tendo conquistado uma Liga dos Campeões com o Milan, Kaká enxerga a Copa do Mundo de 2002 como a maior título de sua carreira, mesmo tendo jogado por pouco tempo sob o comando de Felipão.

“Copa do mundo de 2002. Mesmo tendo jogado só 23 minutos contra a Costa Rica. Até brinco que é o número da minha camisa naquela Copa. A conquista é muito grande. Se eu pudesse escolher, seria esse título”, afirmou.

Quatro anos depois, a Seleção Brasileira decepcionou na Alemanha. Com um time recheado de estrelas como Ronaldinho Gaúcho, Ronaldo, Adriano e, o próprio Kaká, a equipe comandada por Parreira caiu nas quartas de final diante da França, em uma atuação magistral de Zidane.

Entretanto, o que mais ficou marcado naquele Mundial foi a bagunça, na cidade de Weggis. Kaká reconheceu que o ambiente prejudicou a preparação do Brasil em busca do hexacampeonato.

“Acho que aquela seleção poderia ter feito um pouquinho mais. No momento pode ter faltado alguém que falasse. O difícil nessa situação específica é quando você está dentro da situação, naquele exato momento, enxergar realmente que está toda essa bagunça. Hoje, com anos na frente, a gente consegue analisar. Na hora, lá dentro, fica mais difícil”, justificou.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados