Terça, 13 de março de 2018, 08h38
Tamanho do texto A- A+


Esportes / por meia argentino

Santos estuda tentar usar Zeca como 'moeda de troca'

O mais relevante deles é saber se o lateral aceitaria jogar em um mercado alternativo como o mexicano

Sem clima para voltar ao Santos e sem atuar desde outubro de 2017, o lateral-esquerdo Zeca teria sido oferecido pelo Peixe ao Tigres, do México, como moeda de troca pelo meio-campista argentino Lucas Zelarayán. O LANCE! apurou que o negócio, porém, depende de inúmeros fatores para ser concretizado. O mais relevante deles é saber se o lateral aceitaria jogar em um mercado alternativo como o mexicano.

No ano passado, Zeca abandonou o trabalho alegando falta de pagamento do fundo de garantia, algo que o Santos nega com veemência. Uma audiência está marcada para abril e deve dar o desfecho final para o caso - o Peixe entende ter enormes chances de vitória, algo que facilitaria o trâmite com os mexicanos, que estariam estudando a possibilidade. Não está descartado um acordo antes mesmo da definição judicial.

De outubro para cá, o ala de 23 anos foi sondado por inúmeros clubes do futebol brasileiro. O Flamengo chegou a ficar muito perto de anunciá-lo, mas não obteve as garantias jurídicas necessárias que o isentariam do pagamento da multa rescisória de 50 milhões de euros (cerca de R$ 200 milhões), já que Zeca tem contrato vigente com o Santos até dezembro de 2020.

Bom negócio para o Santos

Trocar Zeca por Zelarayán é visto dentro da diretoria Santos como um ótimo negócio. Afinal, além de dar solução para o caso do lateral sem perder seu valor de mercado, o Peixe conseguiria, enfim, contratar o tão sonhado meia. ​O argentino de 25 anos ficou muito perto de assinar com o Alvinegro no começo da temporada, mas não houve um desfecho positivo. Valorizado no Tigres, o armador não deve ter sua saída facilitada.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados