Quarta, 11 de outubro de 2017, 08h47
Tamanho do texto A- A+


Esportes / F1

Vettel critica Rosberg e diz que não pensou em aposentadoria

“Amo o que eu faço”

Trinta anos, 46 vitórias, 49 poles, 96 pódios, quatro títulos mundiais. Mesmo todos esses números, que o colocam no rol dos maiores nomes da história da F1, Sebastian Vettel ainda não está satisfeito e quer muito mais. Por isso, a aposentadoria nem de longe é cogitada pelo alemão. Mais do que nunca, o objetivo do piloto é um só: voltar ao Olimpo do esporte como piloto da Ferrari.


Em entrevista concedida à versão alemã da revista ‘Playboy’, Vettel descarta, por um bom tempo, se retirar das pistas. “Não pensei nisso. Eu vejo isso como uma decisão muito grande, não como algo espontâneo”, disse.

 

Na sequência, aproveitou para criticar Nico Rosberg. O compatriota optou por se aposentar da F1 apenas cinco dias depois de ter conquistado o título mundial em Abu Dhabi. O piloto alegou que precisava passar mais tempo com a família. “Vejo que Rosberg está correndo de um compromisso para o outro”, apontou.

 

Feliz por correr pela equipe mais tradicional da F1, Vettel é claro: não pensa em mudar de casa tão cedo. Recentemente, o tetracampeão assinou a renovação de contrato, que agora vai até o fim de 2020.

 

“Acho que todo mundo que já sentou em uma Ferrari sente algo especial”, declarou Seb, deixando claro que não cogita mudança de ares. “Ainda não me tornei campeão com a Ferrari”.

 

De qualquer forma, Vettel avisa que tem um motivo ainda mais importante para continuar correndo por um bom tempo na F1. “Sou a pessoa que sou e amo o que eu faço”, finalizou o vice-líder do Mundial em 2017.

 



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados