Quinta, 14 de fevereiro de 2019, 13h09
Tamanho do texto A- A+


Geral / Eleições da Unimed

Chapa 2 defende democracia e diz que Justiça será feita

A chapa 2 não medirá esforços para garantir ao cooperado o direito de escolha, diz nota

A “Chapa 2 - Honestidade e Sinceridade, Unimed de Mãos Limpas”, que tem como candidato à Presidência da Unimed Cuiabá o médico Salvino Ribeiro, em nota, disse que buscará todos os recursos judiciais para fazer valer a democracia e ocorrer eleição para escolha de novos membros da diretoria da cooperativa.

“Senhores cooperados, a chapa 2 concorrerá às eleições no dia 01.03.2019. Embora haja uma tentativa clara de impedir o processo eleitoral democrático, a chapa 2 não medirá esforços para garantir ao cooperado o direito de escolha” diz trecho da nota.

A Comissão Eleitoral da Unimed Cuiabá não recebeu o registro de candidatura da “Chapa 2” e desde então, a eleição da cooperativa médica está judicializada.

“As decisões da comissão eleitoral e os atos da atual gestão estão sendo questionados no âmbito judicial” cita nota.

Conforme consta da nota de esclarecimento, a “Chapa 2 acredita que o Poder Judiciário irá reconhecer as arbitrariedades cometidas durante o pleito eleitoral e irá reestabelecer a ordem”.

Para a Chapa 2, “é inaceitável que interesses pessoais prevaleçam à vontade do cooperado, em uma tentativa clara de evitar uma discussão ampla dos rumos da UNIMED”.

Ao final da nota, a Chapa 2 reafirma o compromisso de fazer uma campanha propositiva em respeito à imagem da instituição nacionalmente conhecida por sua excelência, contudo, destaca que não irá ignorar a propagação de notícias falsas.

“A afirmação da chapa 01 de que se trata de chapa única, demonstra seu manifesto interesse em confundir e violar a democracia. A democracia é uma das maiores conquistas da sociedade e deve ser respeitada em todos os âmbitos. Vamos à luta e com certeza a vitória será nossa!” enfatiza nota.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados