Terça, 10 de abril de 2018, 09h00
Tamanho do texto A- A+


Geral / caravana

Oportunidade de ajudar atrai voluntários

Expectativa é formar mil voluntários até o final da semana, cursos acontecem em três polos

Para atender as pessoas que passarão por exames e cirurgias oftalmológicas na Caravana da Transformação em Cuiabá, é preciso ter disposição para alterar a rotina e acordar de madrugada.São os casos de Tatiane, Cleudiney, Ana Carolina, Mayra e Kelli que serão voluntários durante a 13ª edição do evento, realizada de 16 de abril a 10 de maio, na Arena Pantanal. Eles estão entre os quase 500 voluntários formados neste ano pela Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa Civil, vinculada à Casa Civil do Estado.

A expectativa é que nessa semana, com a realização de três turmas do curso de voluntário em Defesa Civil, o número de capacitados chegue a mil pessoas.

“Nós moramos aqui perto da Arena e viemos ser voluntários na Caravana, pois já participamos de outras feiras de saúde da igreja e vimos como esses atendimentos transformam a vida das pessoas. Ao chegarmos aqui descobrimos que a formação é mais ampla, de voluntário em Defesa Civil, o que nos deixou muito satisfeitos”, comenta a enfermeira Tatiane Viera que faz o curso na companhia do esposo Cleudiney Arruda.

A capacitação é composta por três módulos, em que os participantes recebem orientações sobre os objetivos e funcionamento da Caravana, conhecem o trabalho da Defesa Civil, noções de voluntariado e atendimento ao público, Atendimento Pré-Hospitalar (APH) e combate a princípios de incêndio.

As amigas e servidoras do Governo do Estado Ana Carolina Bagordakis e Mayra de Oliveira Gomes também participaram do curso. “Eu sempre lia as matérias que saíam e percebi que é muito gratificante auxiliar no atendimento, em especial dos idosos que recuperam a visão”, relata Mayra Gomes.

Poder auxiliar idosos foi o argumento que Mayra utilizou para convidar Ana Carolina a participar do curso da Defesa Civil. “Na minha casa o serviço voluntário, e o respeito e atenção aos mais velhos é uma questão de formação pessoal. Todos da minha família fazem trabalho voluntário, a caridade é uma dos pilares da nossa educação e eu decidi aproveitar essa oportunidade de servir”.

A disposição da equipe da Defesa Civil atuando em grandes eventos e situações de resgate e emergência, além da amizade entre os integrantes, atrairam Kelli Cristina Alves Batista. A servidora do Tribunal de Contas do Estado (TCE) fez o curso de voluntário no ano passado e desde então participa de todos os eventos, incluindo a Caravana da Transformação.

Caravana da Transformação

Em 12 edições, a Caravana da Transformação já realizou mais de 69 mil consultas e 47.142 cirurgias oftalmológicas. A expectativa da organização é que durante a edição de Cuiabá sejam realizadas 20 mil consultas oftalmológicas e 15 mil cirurgias de catarata, yag laser e pterígio, além de milhares de atendimentos de cidadania.

Como ser voluntário?

Os interessados serão capacitados pela equipe da Defesa Civil e receberão certificados de 12 horas/aula do curso preparatório e mais 12 horas por dia trabalhado. Para participar, basta ter a partir de 14 anos (com autorização dos pais) e procurar um dos locais de capacitação portando um documento de identidade com foto. Veja abaixo as datas e locais das próximas turmas:

Turma 10 – Dias 9, 10 e 12 de Abril, das 19h às 22h no auditório da Arena Pantanal, acesso pelo Portão 1 (subsolo);

Turma 11 - Dias 9, 10 e 11 de Abril, das 19h às 22h, na Faculdade Uniorka unidade da Prainha, em Cuiabá;

Turma 14 – Dias 9, 10 e 11 de Abril, das 14h às 18h, no auditório da Prefeitura de Cuiabá.

Mais informações pelo telefone (65) 9963-5432.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados