Quarta, 28 de fevereiro de 2018, 09h11
Tamanho do texto A- A+


Geral / faixa exclusiva

Pouco mais de cem motoristas são autuados

O número é visto como positivo e a prefeitura vai continuar investindo em campanhas educativas

A campanha de conscientização sobre o uso exclusivo da faixa para ônibus em Cuiabá continua dando resultado. Até a última sexta-feira (23) as câmeras de videomonitoramento da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) flagraram 105 motoristas trafegando sob a faixa. Já em relação aos ônibus, que devem andar pela faixa exclusiva, não houve registro de infração.

Conforme o Secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo o número é visto como positivo e a prefeitura vai continuar investindo em campanhas. “Os motoristas estão respeitando a faixa exclusiva e isso mostra que o trabalho feito pela Semob vem dando resultado, exemplo disso é não termos nenhum registro de ônibus fora da faixa. A prefeitura busca sempre orientar e estamos obtendo o resultado esperado”, comemora o Secretário.

A Semob iniciou em fevereiro uma campanha educativa e um total de 183 notificações foram enviadas para condutores que foram pegos pelas câmeras de videomonitoramento. Os agentes de trânsito em campo e na Central de Controle de Mobilidade Urbana (CCMOB) realizaram trabalhos educativos junto aos infratores. Após a campanha, a Semob passou a autuar e multar os condutores que insistem em usar a faixa indevidamente.

“O que os agentes observam é se o motorista usa a faixa como pista livre, situação em que o condutor estará infringindo a lei e isso pode resultar em penalidade. Vários pontos da faixa sugerem onde o motorista pode entrar, por meio da linha tracejada. Nos casos em que o condutor precisar acessar alguma residência ou comércio. Nesses casos, o motorista pode fazer o uso da faixa, mas sinalizando onde vai entrar, sempre fazendo o uso da seta. Os agentes estarão de olho para saber se aquele condutor fará a conversão no local sinalizado”, explica o diretor de Trânsito, Michell Diniz.

Os ônibus, por terem a faixa exclusiva passaram a ser penalizados, conforme a determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, mediante o decreto de nº 6.504, publicado no Diário Oficial de Contas. Quando em movimento, o uso das demais faixas é terminantemente proibido para os coletivos, com exceção de situações emergenciais. Deixar o espaço destinado para os ônibus só é permitido quando for necessária a ultrapassagem, nos casos de embarque e desembarque de outro veículo.

Cuiabá conta com faixas exclusivas nas avenidas, Getúlio Vargas, Tenente Coronel Duarte (Prainha) e avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA). As vias possuem sinalização horizontal e também vertical, com placas indicando que a faixa é exclusiva para ônibus, de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 7h às 14h.

Normatização - Segundo a normatização estabelecida no Código de Trânsito, podem andar nas faixas exclusivas, os ônibus, táxis, ambulâncias e vans escolares. O motorista que for pego transitando no local proibido, o que é classificado como infração gravíssima, receberá 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 293,00.

Já para os ônibus, a infração em questão correspondente à categoria média, e segundo o CTB, resulta em uma multa de R$ 130,16, e quatro pontos na carteira de motorista.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados