Quinta, 12 de outubro de 2017, 08h10
Tamanho do texto A- A+


Geral / educação

Projeto da AL concorre a prêmio nacional

Na inscrição, a coordenadoria da Escola do Legislativo encaminhou para a ABEL todos os detalhes técnicos e arquivos do “Educação Legislativa em Movimento”, tais como: arquivos de fotos, vídeos, textos, além de depoimentos de pessoas



O projeto “Educação Legislativa em Movimento”, da Escola do Legislativo de Mato Grosso concorre a um prêmio nacional instituído pela Associação Brasileira de Escolas do Legislativo e Contas (ABEL), com objetivo premiar os melhores trabalhos desenvolvidos pelas instituições de ensino, visando aproximar suas ações, junto às comunidades em que estão inseridas.

 

O período de inscrições para os trabalhos terminou no último dia 10 de outubro, e o resultado da premiação deve ser divulgado, na próxima reunião da ABEL, marcado para o mês de novembro deste ano.

 

Logo que tomou conhecimento do lançamento da premiação, a coordenação da Escola do Legislativo fez a inscrição do projeto, por entender que o “Educação Legislativa em Movimento”, cumpre todos os requisitos do concurso e que se destacou por levar as ações da Assembléia Legislativa de Mato Grosso, para o interior do Estado.

 

O projeto teve início em abril desse ano, pelo município de Jauru, na região Oeste de Mato Grosso e deu tão certo, que o que era para ser piloto, se transformou na sua primeira edição.

 

Na inscrição, a coordenadoria da Escola do Legislativo encaminhou para a ABEL todos os detalhes técnicos e arquivos do “Educação Legislativa em Movimento”, tais como: arquivos de fotos, vídeos, textos, além de depoimentos de pessoas das comunidades visitadas. Vale lembrar que o objetivo do projeto, é levar mais conhecimento, informação e lazer, aos estudantes das escolas públicas do Estado, mostrando também, a história do Parlamento de Mato Grosso. Agora, é aguardar o resultado do concurso e torcer pelo sucesso do projeto mato-grossense.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados