Segunda, 12 de março de 2018, 09h31
Tamanho do texto A- A+


Geral / enfim

Salgadeira será entregue em abril

O ponto turístico deverá ser reaberto aos mato-grossenses e turistas no aniversário de 299 anos de Cuiabá

A reforma e revitalização do complexo turístico da Salgadeira, localizado às margens da rodovia que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, será entregue à população como parte da programação do aniversário de 299 anos da Capital. O complexo está com 95% das obras concluídas e o governador Pedro Taques visitou o local acompanhado de secretários de Estado, técnicos da obra e representantes da empresa construtora.

A obra tem um custo de R$ 12,6 milhões e terá 96 vagas para veículos, sendo seis para ônibus e 90 para carros. Um restaurante, um mini-museu, uma loja de souvenir, um posto policial, duas guaritas, 540 metros de trilhas suspensas e um mini-auditório para atendimento ao turista. O espaço também contará com rampas e portas que permitem acesso de pessoas com deficiência.

O governador Pedro Taques ressaltou o diferencial no projeto, que foi totalmente atualizado pela equipe técnica da Secretaria das Cidades (Secid) e explicou que a liberação do banho é estudada junto ao Ministério Público Estadual. “Esta obra começou errada. Com projeto e contrato mal feito. Tivemos que refazer toda o plano, trazendo melhorias como a estação de tratamento de esgoto, que não tinha no projeto antigo. Também estamos conversando com o Ministério Público em relação ao banho em determinados lugares do complexo. O Poder Executivo defende a possibilidade de banho em determinadas áreas, mas o MP está levantando algumas questões e temos que respeitar e continuar a conversa”, disse o governador.

O secretário das Cidades, Wilson Santos, destacou a velocidade na execução da obra, que está em fase de acabamento. “A empresa honrou todos os serviços conforme o projeto, em excelente velocidade e sempre cumprindo todos os prazos. Estamos terminando os trabalhos de paisagismo, trilhas suspensas e a escadaria de acesso a cachoeira”, informou.

Visitação ordenada

Paralelo ao trabalho de reconstrução do espaço, a equipe da secretaria adjunta de Turismo trabalha para identificar a melhor plataforma de realizar a gestão do uso do local após o término das obras, conformeadunto de Turismo do Estado, Luiz Carlos Nigro. “Será feita a concessão para a iniciativa privada por meio de concorrência pública, que deverá ser lançada ainda neste mês. A ideia é explorar o complexo por meio do estacionamento e da locação de lojas e restaurante. A visitação será gratuita”, explicou.

A sustentabilidade também foi uma preocupação na elaboração do projeto, segundo o secretário. “As visitações serão ordenadas em passarelas. Teremos estação de tratamento de esgoto e o lixo será recolhido será de forma ordenada e armazenado em local adequado”, completou Nigro.

TAC

A garantia da retomada das obras do balneário turístico foi acordada por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) proposto pela promotora de Meio Ambiente, Ana Luiza Peterlini de Souza, e atestado pelos secretários de Estado das Cidades, Wilson Santos, de Desenvolvimento Econômico, Carlos Avalone, adjunto de Turismo, Luiz Carlos Nigro e o procurador-geral do Estado, Rogério Gallo. A assinatura ocorreu em 2017 e permitiu a contratação da empresa Concremax, de forma emergencial, para revitalização da Salgadeira com prazo máximo de conclusão de 180 dias. O TAC estabelece ainda o isolamento da área durante o período das obras, com a colocação de placas de orientação.

Pró-Estradas

Durante a visita o governador Pedro Taques anunciou a pavimentação do trecho de oito quilômetros que liga a rodovia estadual Emanuel Pinheiro (MT 251) até o distrito do Coxipó do Ouro. “Antes do aniversário de Cuiabá daremos a ordem de serviço para a pavimentação”, disse.

Taques disse ainda que as obras do trecho de 23 quilômetros que liga a Água Fria à rodovia MT-251 serão retomadas e que o trecho do rio Mutuca até o Cachoerinha será reconstruído. “Estamos buscando a licença ambiental para reconstruirmos do Mutuca até a Cachoerinha, que também faz a parte do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.”

O governador também vistoriou a estrada e trincheira no entroncamento da MT-010 (Estrada da Guia) com a MT-251, um dos principais acessos à Chapada dos Guimarães. De acordo com o superintendente de Obras da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Diogo Menezes, a trincheira tem a concepção de uma obra pré-moldada, tornando a construção mais limpa e mais e rápida. “É um conceito novo que não trará problemas de infiltração e drenagem”, disse.

Taques destacou que todas as saídas de Cuiabá serão duplicadas trazendo melhor locomoção dos moradores nas estradas. “De Cuiabá a Santo Antônio de Leverger está sendo finalizada, assim como do Atacadão até a Fundação Bradesco, que devemos entregar ainda neste primeiro semestre. Temos ainda está obra da estrada da Guia que será um presente para a população de Mato Grosso e Cuiabá”.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados