Segunda, 12 de março de 2018, 09h45
Tamanho do texto A- A+


Judiciário / dia 26

Acusado de matar menina vai a Júri em Cuiabá

O acusado está respondendo por homicídio qualificado, asfixia, motivo torpe e meio cruel

No dia 26 de março, o réu Jeverson Aparecido da Cruz vai a júri a popular, acusado de matar a menor K.R.F.S. De acordo com o processo, o acusado alega que não teve dificuldade em levar a vítima a um local ermo e praticar relações sexuais. Com medo de que a menina contasse a alguém, Jeverson a asfixiou até a morte. O acusado está respondendo por homicídio qualificado, asfixia, motivo torpe e meio cruel.

No total a comarca de Cuiabá realiza 18 sessões do Tribunal do Júri neste mês de março, presididas pela juíza Monica Catarina Perri Siqueira, titular da 1ª Vara Criminal da capital. As sessões seguem até o dia 27, nos períodos matutino e vespertino, com o julgamento de 29 réus por crimes dolosos contra a vida.

Outros Casos - No dia 9 de março (sexta-feira), Renê Nonato de Arruda responde pelo homicídio de Lucio Flavio Rondon Rocha. O crime ocorreu no dia 7 de maio de 2005, na oficina do “Helinho”, no bairro Jardim Araçá. Segundo os autos, o acusado utilizou de recursos que dificultaram a defesa da vítima, realizando disparos de uma arma de fogo.

Os acusados Allysson Raphael Ramos da Silva e Eder Junior Santos, vulgo “gurizinho”, vão a júri no dia 15 de março (quinta-feira), pela morte de Luiz Bernardo de Oliveira Junior. Os réus efetuaram disparos contra a vítima, por volta das 23h, no bairro Parque Cuiabá, em 25 de janeiro de 2001. Allysson e Eder utilizaram de motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados