Terça, 11 de dezembro de 2018, 10h24
Tamanho do texto A- A+


Judiciário / a Defensoria Pública

DOE traz nomeação do corregedor e ouvidor para próxima gestão

O defensor público-geral de Mato Grosso, Silvio Jéferson de Santana, nomeou o ouvidor-geral, Cristiano Preza e do corregedor-geral, Márcio Dorilêo, para a gestão 2019/2020, para o mandato de dois anos, a partir do dia dois de janeiro de 2019

O defensor público-geral de Mato Grosso, Silvio Jéferson de Santana, nomeou o ouvidor-geral, Cristiano Preza e do corregedor-geral, Márcio Dorilêo, para a gestão 2019/2020, para o mandato de dois anos, a partir do dia dois de janeiro de 2019. Os atos 183 e 184 circularam no Diário Oficial desta segunda-feira (10/12).

O Conselho Superior da Defensoria Pública escolheu com seis, dos nove votos, o advogado Preza após sabatina realizada no dia 23 de novembro. Ele também foi o mais votado pelas entidades da sociedade civil, ficando com 33 indicações de 38 entidades votantes, em etapa anterior à escolha pelo Conselho.

O novo ouvidor afirma que pretende trazer sua experiência no serviço público e no trato com as pessoas para auxiliar a Instituição a ser conhecida por quem precisa dos seus serviços. Ele afirma que quer melhorar os canais de comunicação com a população, por meio de seminários, atendimentos itinerantes, entre outros, para melhorar a prestação de serviços na Capital e no interior.

Já o primeiro subdefensor público-geral, Márcio Dorilêo, foi eleito pelo Conselho Superior na sexta-feira (7/12), por cinco votos a quatro, para ocupar a função de corregedor-geral, na qual afirma, pretende atuar de forma estratégica, estimulando a atuação de defensores públicos em colaboração com outros órgãos e instituições, em causas coletivas, que afetam o maior número de pessoas.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados