Segunda, 22 de janeiro de 2018, 16h16
Tamanho do texto A- A+


Opinião

Resistência e moral

Quão é gratificante transitar em órgãos, ou espaços em que respeito às leis é fator decisivo

“Não se mede o valor de um homem pelas suas roupas ou pelos bens que possui, o verdadeiro valor do homem é o seu caráter, suas ideias e a nobreza dos seus ideais.” Charles S. Chaplin, (1889-1977).

No século XXI, em 2017, foi observada em posturas cotidianas que, moralidade é evidenciada na maioria dos cidadãos.

É através do cenário da rotina de servidores que apontamos exemplos e sugestões.

Quão é gratificante transitar em órgãos, ou espaços em que respeito às leis é fator decisivo, e que exista igualdade e transparência entre os cidadãos. Ainda mais quando o gestor se propõe a democracia plena em todos ambientes.

É verdade que, no Procon, há soluções, este, localizado na rua Joaquim Murtinho, 554, coração de Cuiabá-MT. As ações são aparentemente simples, porém, há significado dotado de significantes, respeitam os cidadãos que buscam seus direitos. A moral é determinante.

Conforme Doutor Gustavo Costa e Silva, 18/09/2017, diz: “(...) Procon Municipal de Cuiabá, não age apenas como órgão fiscalizatório e nem com caráter punitivo, mas também trabalha na promoção do equilíbrio nas relações de consumo, buscando sempre agir de forma razoável, proporcional e orientando também os fornecedores acerca dos seus deveres, para que não perdurem as infrações contra os consumidores. (...).” (Secretário de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon Municipal de Cuiabá – Secretária Municipal de Ordem Pública).

Há de se notar celeridade de processos no Procon, alegra-nos adentrar no ressinto pelo tratamento humanístico.

É notório que: quem têm excelentes ações é cumpridor da Constituição.

Os usuários do recinto: Procon sempre são ouvidos pelo dirigente do órgão ou servidores.

A finalidade do Procon é para tentar buscar melhorias sociais, e mais justiça. Então que, a postura dos gestores, sirvam de exemplo para o Estado, bem como: 141 municípios.

Foi observador que, Doutor Costa e silva, orienta cotidianamente os futuros advogados, para que prevaleça: ética, moral e humanismo.

A autora pesquisou o órgão, e conforme o sucesso das posturas transparentes na administração e celeridade, sugere a criação: Procon para o Bairro Pedra 90. Enfim, para que exista bem-estar.

O Bairro Pedra 90 conforme Censo Demográfico do IBGE de 2010, já detinha Total de 22127, população residente (pessoas) sendo: Homens ll134 e Mulheres 10993. E em percentual: Total 100, Homens 50,32% e Mulheres 49,68%.

O Procon foi, e é um excelente laboratório de pesquisa.

Notar-se-á que, os cidadãos que adentram o Procon, e montam processos, estes obtêm-se direitos preservados, sempre há viabilidade de comunicação entre empresários e usuários. Então há acordo pautado na serenidade e equilíbrio.

Então, o Procon é um amenizador de conflitos. Na realidade, mantenedores da paz entre os cidadãos, independente da classe social.

Solicitamos junto aos poderes que reconheça a necessidade, e, viabilizem Procon para o bairro Pedra 90.

Os eleitos poderiam valorizar a sociedade, gerando acesso à informação nas proximidades de suas residências. Os políticos devem aproximar da população.

A existência do Procon no Pedra 90, comprovará eficiência dos gestores. Ainda será mais um movimento para fazer cumprir a lei para todos, assim minimizar: diferença social gritante existente no mundo moderno.

Celeridade para agilizar direitos básicos da sociedade.

GRACI OURIVES DE MIRANDA é professora de Português/Literatura: Língua Portuguesa e Inglês/Literatura inglesa. Especialização em História Social pela UFMT.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados