Sábado, 02 de dezembro de 2017, 12h06
Tamanho do texto A- A+


Polícia / FLAGRANTE

Ação rápida impede roubo à residência e prende 7 em MT

Seis homens e uma mulher, foram presos minutos antes de cometerem o crime

Em rápida ação de resposta a criminalidade no município de Tangará da Serra (239 km a Médio Norte), a Polícia Judiciaria Civil, com apoio da Polícia Militar, evitou um roubo à residência com subtração de veículo e possível sequestro da vítima, na sexta-feira (01.12). Seis homens e uma mulher, apontados como os planejadores e executores da tentativa de roubo seguido de sequestro contra um empresário, foram presos minutos antes de cometerem o crime.

A ação resultou também na apreensão de dois veículo, sendo um Del Rey e um Gol, uma arma de fogo municiada calibre 32, além de pares de luvas, fitas e capuzes.

Sandro Nepomuceno, Eliseu dos Santos, Maria de Fátima dos Santos Souza, Everton Lacerda, Nicolas Scotini, Wellington Almeida e Weberton de Almeida, foram autuados em flagrante pelos crimes de roubo majorado tentado, organização criminosa e porte ilegal de armas de fogo.

As diligências iniciaram após informações obtidas pela Polícia Civil, sobre um plano de roubo à uma residência localizada nas proximidades do Bosque, com subtração de veículo e possível sequestro da vítima. Conforme o delegado de polícia, Nelder Martins Pereira, as suspeitas eram que os criminosos iriam agir na casa de um empresário de Tangará da Serra.

Ato contínuo, os policiais civis se deslocaram até a região do imóvel. Após campana e monitoramento foi possível avistar e abordar dois dos suspeitos em um veículo. Entretanto, os outros integrantes conseguiram empreender fuga adentrando no bosque.

Em seguida, com apoio dos policiais militares da Força Tática, as equipes integradas realizam buscas na região logrando êxito em localizar e prender outros cinco envolvidos.

Com eles os policiais civis e militares apreenderam uma arma de fogo, luvas, fitas e capuz, caracterizando o roubo e possivelmente o sequestro.

As investigações da Polícia Civil apontam que os suspeitos integram uma facção criminosa e são contumazes nas práticas de delitos na região.

Os sete suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia, onde foram interrogados e autuados em flagrante. Para o delegado Nelder Martins Pereira, o sucesso da rápida ação é reflexo do empenho, compromisso e dedicação dos servidores da Polícia Civil e Polícia Militar de Tangará da Serra, que não mediram esforços para prender os integrantes.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados