Terça, 14 de agosto de 2018, 11h17
Tamanho do texto A- A+


Polícia / tropa de elite

Bope tem oito novos especialistas em ações de alta complexidade

A solenidade de formatura dos novos “Caveiras”, como são chamados os policias do Batalhão Bope, ocorreu no Quartel do Comando Geral da PMMT

Mais oito especialistas em ações de alta complexidade de Segurança Pública passam a integrar o efetivo da ‘Tropa de Elite’ da Polícia Militar mato-grossense.

A solenidade de formatura dos novos “Caveiras”, como são chamados os policias do Batalhão Bope, ocorreu no Quartel do Comando Geral da PMMT.

Além dos oito daqui, o 3º Curso de Operações Especiais (COEsp) da Policia Militar também formou um policial militar do Pará. A entrega do brevê ‘COEsp 2018’, a identidade operacional, ocorreu com simulação de ocorrências de explosão, descida de rapel do prédio do QCG e de um helicóptero.

Realizado sob a coordenação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) de Mato Grosso, o curso foi dividido em cinco fases (Administrativa, Rústica, Policial, Técnica e Operacional) e teve duração de cinco meses. As aulas eram em tempo integral e ao final somaram mais 1.200 horas.

Os alunos receberam treinamento no Bope do Rio de Janeiro, com ações em favelas; no Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, onde receberam instruções sobre armamento não-convencional e atendimento tático de acidentes em combate; no Bope do Distrito Federal, com aulas de operações subaquáticas em circuito aberto e fechado; no Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário, em Mato Grosso do Sul, onde tiveram instrução sobre atuação em comunidades ribeirinhas, e no 12º Batalhão de Infantaria de Montanha de Minas Gerais, onde fizeram escalada, paraquedismo e resgate em diferentes ares das montanhas mineiras.

Em Mato Grosso as instruções foram voltadas às atividades operacionais especiais com bomba e contra-bomba, terrorismo e contra-terrorismo, combate corpo-a-corpo, assalto tático, resgate de reféns, dentes outras ações.

Na formatura, o comandante do Bope, tenente-coronel Ronaldo Roque da Silva, afirmou que nesse curso os alunos são testados em seus limites físico, emocional e psicológico. Roque destacou que a certeza que se tem ao final é que os formandos saem melhores, para eles mesmos, suas famílias, a instituição e a sociedade. “A partir de agora estarão sendo observados de maneira diferente porque muito se espera de vocês”.

O secretário-adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel Jonildo José de Assis, parabenizou os formandos e destacou a importante de reforço às ações policiais. Ele lembrou que os novos especialistas chegam prontos, capacitados para atender os anseios da sociedade para com o sistema de Segurança Pública.

Encerrando a solenidade, além de parabenizá-los o comandante-geral adjunto da PMMT, coronel Alexander Torres Maia, avaliou que não existe sabor mais intenso do que chegar ao final de uma jornada que, por muitos, era julgada como algo impossível, depois de superar os próprios limites. “Quanto mais difícil o processo, mais agradável será a conquista”, enfatizando que não pode esquecer que a vitória só vale a pena quando está amparada pela dignidade e justiça.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados