Terça, 11 de dezembro de 2018, 10h36
Tamanho do texto A- A+


Polícia / interior de mt

Polícia Civil prende suspeito de roubar e estuprar vítimas

Diego Costa Welter do Carmo, 30, conhecido como “Cebolinha” fez três vítimas no mesmo dia e foi autuado por roubo em concurso material com estupro

Um homem acusado de roubo e estupro foi preso em flagrante pelo Polícia Judiciária Civil, durante diligências ininterruptas da equipe de policiais civis da Delegacia de Colíder (968 Km ao Norte). Diego Costa Welter do Carmo, 30, conhecido como “Cebolinha” fez três vítimas no mesmo dia e foi autuado por roubo em concurso material com estupro.

Os crimes ocorreram entre as 18h30 e 22 horas de sexta-feira (07), na região central de Colíder. O suspeito abordava as vítimas mulheres em uma motocicleta Yamaha, preta. Assim que os investigadores da Delegacia de Colíder foram acionados das ocorrências, iniciaram as investigações, conseguindo durante os trabalhos descobrir a placa do veículo, utilizado por Diego.

Com a informação, os policiais realizaram monitoramento da região em que o suspeito morava, até localizar e prender o suspeito no domingo (09), em sua residência. No local, os policiais apreenderam a motocicleta utilizada por Diego. Ee foi conduzido a Delegacia de Colíder, onde foi reconhecido pelas vítimas como autor dos roubos e estupros.

Interrogado pelo delegado, Ruy Guilherme Peral da Silva, o suspeito negou a participação nos crimes, dizendo não ter saído com a motocicleta no dos roubos, porém testemunhas afirmaram outra versão que contradizia o acusado.

Segundo o delegado, desde início de novembro, deu início a uma série de roubos e furtos no município, todos com o mesmo modo de ação. “A atuação criminosa do flagranteado consiste em ele, sozinho ou com um comparsa, em uma motocicleta escura, ao passar pelas vítimas (geralmente mulheres) subtraem os aparelhos celulares que trazem no bolso da calça ou em bolsas”, disse o delegado.

Diante das evidências, o delegado representou pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados