Sexta, 14 de julho de 2017, 10h07
Tamanho do texto A- A+


Polícia / civis e militares

Policiais se envolvem em confusão na Central de Flagrantes

Na delegacia, o filho da mulher que é policial civil, mas não estava de serviço, também chegou no local e exigiu que fossem retiradas as algemas da mãe

Policiais civis e militares se envolveram em uma confusão dentro da Central de Flagrantes de Várzea Grande.

 

De acordo com informações, a confusão começou após a Polícia Militar, que estava em rondas no bairro Asa Bela, ter abordado um rapaz de 18 anos e encontrar duas porções de maconha em seu bolso.

 

Constado no sistema de que o suspeito possuía dez passagens criminais.

 

A mãe do rapaz apareceu, começou a hostilizar os policiais e proferiu palavras como ‘vagabundos’.

A mulher ainda disse que tinha um filho policial civil e que ele iria matar os policiais. Ela foi presa por desacato e ameaça. Porém, a mesma se recusou a entrar na viatura e ainda deu um tapa no rosto de um dos policiais.

 

Logo em seguida, o marido da mulher chegou acompanhado de mais um grupo de pessoas e tentaram impedir a prisão dela e do filho.


Na delegacia, o filho da mulher que é policial civil, mas não estava de serviço, também chegou no local e exigiu que fossem retiradas as algemas da mãe.


Ele ainda teria sacado uma arma dentro da delegacia e ameaçou um dos policiais militares.

O caso será investigado. 



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2013 - Todos os direitos reservados