Quarta, 20 de fevereiro de 2019, 10h14
Tamanho do texto A- A+


Variedades / tensão

Luisa Mell é ameaçada de morte após resgate

Foram cinco dias de trabalho para retirar os animais – que estavam em condições diversas

Luisa Mell passou por momentos de tensão na última terça-feira (19), enquanto trabalhava no pós-resgate de mais de 1.700 animais em Piedade, interior de São Paulo. A apresentadora relatou que foi ameaçada de morte e pediu a ajuda da polícia.

A ativista animal registrou o momento em que viaturas passaram a escoltar seu carro, após a tentativa de invasão a um dos abrigos que foram preparados para receber parte dos cachorros retirados de canil interditado por suspeita de maus-tratos.

“Olha que absurdo! Tive que chamar um monte de polícia, porque os criadores queriam me matar, invadir o local e retirar os animais”, denunciou no Instagram, acrescentando um agradecimento às autoridades do Estado de São Paulo.

E continuou: “Vocês não sabem o que estou passando. Vocês não sabem as ameaças que estão rolando em grupos de WhatsApp. A gente está monitorando tudo. Viu, seus bandidos, a gente tá sabendo de tudo. Tentaram invadir nosso centro de triagem […] Estão querendo me matar”.

Foram cinco dias de trabalho para retirar os animais – que estavam em condições diversas, muitos doentes – e a defensora dos animais revelou que não há registros no mundo de um resgate com estes números até hoje. Inclusive, ela pediu ajuda com doações para conseguir atender aos bichinhos.



AVALIE:
0
0
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

FECHAR
Mato Grosso Notícias © 2018 - Todos os direitos reservados